Compartilhe

sexta-feira, 30 de maio de 2014

O melhor de Deus

     
          Ao levantar pela manhã, vou para o meu quintal, olho para o céu, tingido de um azul maravilhoso, indescritível; as nuvens feito flocos de algodão, na forma de animais e coisas até onde pode chegar a minha imaginação; os pássaros se espreguiçando nos galhos do limoeiro, cheio de limõeszinhos que brilham  com os raios do sol, que acabara de aparecer por detrás das árvores; o dourado casal de beija-flores em alegre vôo, num cantar incomum, após beberem do néctar das flores amarelas do pé de camarãozinho, num momento eternizado na minha mente. De repente me vejo surpreso, perplexo, numa reflexão que consistia de que o Senhor ainda nos apresenta as suas maravilhas, enfeitando tudo ao nosso redor, numa explosão de fantásticas cores e de jubilosa vida, mesmo quando, com toda justiça, poderia exterminar toda uma geração perversa, em que reina o desamor e o esquecimento daquele que os criou. Abençoado é o nosso Deus que mesmo assim, nos dá sempre o seu melhor.

Fiquemos todos na Paz que excede todo o entendimento, 
do Nosso Senhor Jesus Cristo de Nazaré.

Um comentário:

Cicero Jodecir disse...

Bom dia, Antonio!
A nossa vida foi uma permissão de Deus!
Devemos agradecer a Deus todos os dias por viver mais um dia tão belo.
Só Deus para nos dar o melhor de tudo nessa vida.
Por isso que temos que valorizar a nossa vida a cada segundo.
Fique com Deus!!!